• Home
  • /
  • Sobre mim
  • /
  • Contato
  • /
  • Blogs Parceiros
  • /
  • Escritores Parceiros
  • [Televisão] E voltam os Reallitys Shows

    A Tv aberta resolveu insistir em programas para todos os gostos e em diferentes emissoras, vamos falar um pouco sobre cada um.

    Na Band está no ar o Master Chef, este programa existe desde 1990 e sua primeira edição foi no Reino Unido. Acho até que demorou muito para chegar ao Brasil.

    O programa original é exibido pela Fox.


    Aqui no Brasil, estes três chefes são os jurados. São eles :

    Henrique Fogaça - Começou sua carreira em 2000, fabricando hamburgueres, molhos e bolos que eram vendidos em um carrinho de rua. Após alguns estágios, abriu o Sal e Gastronomia no ano de 2005. Faz a linha Bad Boy e é sem dúvida o mais irônico dos jurados. Porém, já se emocionou algumas vezes durante o programa.

    Erick Jacquin - Foi chefe em Paris e desembarcou no Brasil em 1195. Exige ser chamado de chefe por todos os participantes e pelos colegas de elenco. Em 1999 abriu o Café Antiqué. Em 2013 passou a se dedicar a eventos e palestras e também e responsável pela gastronomia de um restaurante em Natal. Faz a linha "morde e assopra".

    Paola Carosella - A argentina cozinha profissionalmente desde os 18 anos. Cozinhou por 6 anos com um dos maiores chefes da gastronomia Argentina, já na França trabalhou em 3 renomados restaurantes. Fez estágio na Califórnia e em Londres.Em São Paulo trabalhou durante a abertura do Rubayat Figueira.
    Em 2003 abriu seu primeiro restaurante o Julia Cocina e em 2008 o Arturito.

    Impressões :

    Não tenho qualificação nenhuma em gastronomia, o meu nível é aquele de cozinhar para comer em casa e pronto. Mas pude notar que a Band ao selecionar alguns candidatos, selecionou mal. escolheu alguns com muito conhecimento, outros com conhecimento zero, outro com apelo emocional e embora essa seja a fórmula dos realitys que vemos até então, este é um programa sobre saber cozinhar e não sobre quem comove ou teve mais oportunidades na vida.

    Dito isso, outro ponto que tem sido muito ruim é a edição do programa. Minha gente, o que é isso ? Tá muito mal feito. Não sei se por assistir a versão original, não sei se por assistir outros programas, ou não sei se só por estar ruim mesmo. Mas as vezes chega a dar vontade de mudar de canal.

    Em muitas partes do programa você se perde, não sabe a ordem cronológica dos fatos, parece que está vendo o depois do antes, sabe assim ?

    Mas ainda tenho fé que vai melhorar....


    Aí essa semana, começou o The Voice.



    Por ser um programa já em sua segunda temporada no Brasil, irei deixar as apresentações de lado e irei direto as minhas impressões sobre o primeiro episódio ok ?!

    Impressões :

    Vamos primeiro falar sobre o fato do Carlinhos Brown não só estar falando menos, como estar cortando todos os outros jurados. Acho que como não deixaram ele ter espaço, não quer quer ninguém brilhe também. Não adianta, não me desce...

    Vamos falar de Cláudia Leitte, precisamos avisar a nossa amada que embora seja uma contratada de JayZ e prestes a se jogar no mercado internacional, ela ainda não é RiRi e portanto mesmo com um Balmain, ela não conseguiu acertar no look. Pelo contrário, judiou da coisa e deu vontade de chorar.
    Agora o cabelo....Salvou um pouquinho porque me lembrou a titia Monique Evans, mas enfim. Eu acho que o problema maior na Claudinha, está justamente em ser tão espontanea a ponto de parecer forçado demais.

    Daniel como sempre a Samambaia do programa, é o rostinho bonito que está lá para enfeitar. Não vejo ouro motivo.
    Já Lulu consegue sempre ter comentários interessantes e tiradas engraçadas.

    Será que não dá para mandar o Adam no lugar do Daniel produção ?

    Fernandinha Souza foi um arraso, adooooooro, divertida, animada, engraçada, deu outra cara ao programa. Dani Suzuki muito apagadinha. Achei a substituição muuuuuuito válida. Até o Thiti Laifert ficou apagado nessa, embora, creio que apareça mais no decorrer.

    Vamos falar dos candidatos da primeira noite...

    A Primeira foi uma Gaúcha muito bonita, que cantou Coldplay. Eu achei ela realmente muito bonita e só. Não achei algo de impressionar, vamos ver no decorrer do programa. Fraca.

    Teve a moça que cantou a música do Ivan Lins e embora só o Daniel tenha virado, eu achei a voz dela muito bonita, gostei mesmo.

    A dupla sertaneja foi fraca demais, não sei se pelo nervoso, pela emoção, mas não deu. Embora eles tenham sido aceitos, eu não gostei, achei que eles são afinados, mas não tem emoção, não tem aqueles agudos doidos que tanto ouvimos nos sertanejos de raiz que eles disseram querer resgatar. Nem o Daniel teve coragem de virar.

    A menina que cantou Michael Jackson, arrasou, apesar de super nova, mandou bem.

    E tivemos ainda a volta dos que não foram, os Ex - Ídolos (que nem chegaram a ser), Nise Palhares, que eliminou o Chay Suede e que hoje ele deve eternamente grato, já que está na novela da Globo. O estilo dela é bacana, canta bem, mas não vejo diferencial, me lembra muito a Cássia Eller, talvez por não ver uma originalidade, não consigo gostar.

    Teve ainda mais uma que também já foi do Ídolos, não tenho certeza se o nome dela é Ellen, mas creio que ela vai longe, tem personalidade, tem carisma e tem uma voz muito bacana. Acho que inicialmente torço por ela, vamos ver no decorrer.

    Acho que todo o diferencial e surpresa desta edição ficou por conta de Deena Love, uma Drag Queen, que cantou e emocionou a todos os jurados com a sua história e com a sua alma. Foi realmente uma linda apresentação e mais do que isso, creio que tenha sido um passo a mais em nossa sociedade, pois ele pode contar toda a sua história e o quão aceito é por sua família. Um show a parte.

    O que acho uma pena no The Voice, é ser apenas uma vez na semana.

    E temos ainda A Fazenda 7.


    Bom, alguns anunciados, confirmados e sabe-se lá por qual motivo, acabaram entrando os reservas antes mesmo de alguém desistir "oficialmente". O fato é que esta A Fazenda, ainda não tive interesse de assistir nenhum dia, nem para comentar aqui no blog.

    O que anda rolando na internet é que esta é a pior edição para a Record, que estaria com um prejuízo de R$ 25 milhões por conta das cotas de anunciantes.

    Outra questão que tem gerado alguns comentários é que entraria apenas uma das irmãs da dupla Pepê e Neném, mas acabaram entrando as duas, o que de certa forma as fortalecem no jogo.

    Um participante que não foi apontado em nenhum momento é o ex menudo Roy, mas está lá, firme e forte, até quando ? Sabe-se lá né ?! Já que quando o programa começa a ir mal assim costumam ou apelar para romances tórridos ou brigas de cuspes ou ainda correm para acabar antes do previsto, resta saber o que será neste caso.

    E você ? Está acompanhando algum destes programas ?

    O que está achando ?

    Comente.


    2 comentários :

    1. Oi Gi, eu já assisti esse Master Chef na fox e achei muito nada a ver, talvez seja pq não é o tipo de programa que eu gosto.
      A Fazenda eu acho uma completa perda de tempo.
      E sobre o The Voice: Concordo com você! A claudinha dá uma forçada legal, heim
      Beijo,
      entreeleitores.blogspot.com

      ResponderExcluir
    2. Oi Jé, sério que você não curtiu o Master Chef na gringa ? Vou te dizer que realmente não é dos melhores, mas ainda assim, quebra o galho..Como eu tenho muita vontade de fazer gastronomia fico viajando nos pratos rsrsrs.
      A Fazenda, acho que foi bacana apenas quando era novidade, agora já deu. Sub Celebridades demais, cansa.
      The Voice, precisava de uma renovada nos jurados, mas vamos ver o que será.
      Beijo

      ResponderExcluir