• Home
  • /
  • Sobre mim
  • /
  • Contato
  • /
  • Blogs Parceiros
  • /
  • Escritores Parceiros
  • [Cinema] #Filme - Coco Antes de Chanel

    Olá pessoal, tudo bem ?

    Tem algum tempo que queria assistir este filme, não sou ávida por moda, no entanto, gosto de saber o que acontece e principalmente o enredo dos ícones que fizeram história.

    Assim sendo, quando entrou no Netflix, fiquei ensaiando e uma dessas madrugadas resolvi assistir.


    Sinopse :

    Quando criança Gabrielle (Audrey Tautou) é deixada, junto com a irmã Adrienne (Marie Gillain), em um orfanato. Ao crescer ela divide seu tempo como cantora de cabaré e costureira, fazendo bainha nos fundos da alfaiataria de uma pequena cidade. Até que ela recebe o apoio de Étienne Balsan (Benoît Poelvoorde), que passa a ser seu protetor. Recusando-se a ser a esposa de alguém, até mesmo de seu amado Arthur Capel (Alessandro Nivola), ela revoluciona a moda ao passar a se vestir costumeiramente com as roupas de homem, abolindo os espartilhos e adereços exagerados típicos da época.


    Impressões :

    O filme realmente me surpreendeu, eu esperava por algo glamouroso, mas na verdade é bem diferente disso.
    Gabrielle, perdeu sua mãe e seu pai as abandonou em um orfanato, ela e a irmã depois de adultas, passaram a cantar em um cabaré.
    Gabrielle, era apelidada de Coco e cantava uma música que tinha como refrão este apelido. No entanto, não acreditava no amor, nas pessoas ou em relacionamentos.



    Em uma das noites no cabaré, após o show, sua irmã acaba se envolvendo com um homem e ela por falta de opção com outro. O relacionamento de sua irmã, não só vai para frente, como ela se casa e vai embora para Paris.

    Coco decidida a não mais ficar sozinha e muito menos ficar por baixo, resolve procurar o homem com o qual se envolveu. Ao chegar a casa, ele a recebe e a coloca em um quarto de hóspedes, a procurando apenas quando deseja ter relações sexuais com ela.



    Coco fabrica suas próprias roupas e diferentes das mulheres da época, dificilmente usava vestidos ou espartilhos. Estando sempre de calças, chapéu e um visual de certa forma mais masculino, considerando os trajes da época.
    Decide aprender a cavalgar da mesma forma que os homens faziam, coisa que no ínicio do século XX era considerado algo a frente de seu tempo e de certa forma, uma afronta aos preceitos da sociedade.

    Depois de permitir que ela fique morando na casa, mais ainda a escondendo. Coco acaba conhecendo um caixeiro viajante, que trabalha para seu companheiro. No entanto, eles se envolvem mais do que deveriam (ou será que no amor, não existe limite ?)

    E ela finalmente descobre o amor, só que a decepção vem em seguida ao saber que ele se casará em um casamento arranjado por interesse da família da noiva e dele para expandir seus negócios. Coco decide então montar seu atelier e provar o seu valor, não só como estilista, mas também como mulher, buscando que fique reconhecida. Na cabeça dela, ao fazer isso, o seu amor poderá não precisar casar com uma mulher de "boa família" por interesse, com ela se tornando famosa e rica, ele poderá escolher ficar apenas com ela.

    Para compensar a sua dor, seu companheiro a pede em casamento e ela recusa. Dizendo que nunca, jamais, irá se casar ou ser esposa de alguém. Que ela não nasceu para isso. Mas na verdade, o que ela tem é apenas dor por ter sido deixada por quem ela amou.

    Até que seu sucesso chega e ela é tomada pela maior dor de sua vida.



    Nota :



    2 comentários :

    1. Interessante acho que algo que proporciona um pesamento critico sobre a sociedade e a forma em que a mulher está inserida nela,achei bacana a proposta do filme , vou assistir sem duvida.

      Bjocas

      ResponderExcluir
    2. Oi Rose, tudo bem ?
      Concordo com seu comentário, este filme é extremamente acertivo no que diz respeito aos conceitos da sociedade da época e tudo que Coco conseguiu revolucionar.
      Beijos

      ResponderExcluir