• Home
  • /
  • Sobre mim
  • /
  • Contato
  • /
  • Blogs Parceiros
  • /
  • Escritores Parceiros
  • [Livro] #Resenha - À Procura de Audrey





    À Procura de Audrey
    Sophie Kinsella
    Galera Record
    336 páginas.



    Sinopse :

    Audrey, 14 anos, leva uma vida relativamente comum, até que começa a sofrer bullying na escola. Aos poucos, a menina perde completamente a vontade de estudar e conhecer novas pessoas. Sem coragem de sair de casa e escondida por um par de óculos escuros, a luz parece ter mesmo sumido de sua vida. Até que ela encontra Linus e aprende uma valiosa lição: mesmo perdida, uma pessoa pode encontrar o amor.


    Impressões :

    Sophie Kinsella, no gênero Chicklit, é minha autora favorita. Li vários livros dela e amei todos eles. De forma, que quando vi este livro na Saraiva, prontamente comprei. Para variar, não sabia nada a respeito, nem li a Sinopse.

    Mas é aquela coisa, parti do princípio que era de uma autora que gosto. No entanto, o livro não me agradou.

    O tema central do livro é algo de extrema importância na sociedade de hoje, algo que vemos e ouvimos muito : bullying na adolescência, depressão e primeiro amor. Uma fórmula, que para mim, acabou por se tornar cansativa.

    Demorei muito para ler o livro, meses. Comprei no lançamento e fui terminar apenas em dezembro e só terminei, porque acabei recebendo uma solicitação de troca.

    Audrey sofreu bullying na escola, por conta disso, passa a sofrer de depressão. Durante o tratamento e terapia, resolve usar óculos escuros, como uma forma de se esconder do mundo. Como todo mundo que sofre de depressão (ou a maioria das pessoas), não faz uso dos medicamentos de forma correta, deixa de tomar e vai e volta ao tratamento, nada de novo nisso.

    Sua psicóloga sugere que ela comece a gravar um vídeo mostrando o seu dia a dia, ela o faz. Faz ainda uma escala, para mostrar e provar que o progresso é lento, mas ele acontece, embora Audrey não confie muito nisso, tenta seguir o conselho.

    Seu irmão tem uma equipe de um jogo de computador, um dos meninos da equipe, frequenta a casa deles. Linus, se aproxima de Audrey e começa a ajudá-la a identificar e  enfrentar os seus medos. Sendo de vital importância na evolução de seu tratamento e do livro.

    Nasce aí, um primeiro amor.

    O livro é bonitinho, fofinho e com um enredo de superação que vale a pena. No entanto, creio que para mulheres mais velhas, acostumadas com uma escrita diferente por parte da Sophie Kinsella, vão achar que o livro é perda de tempo.

    Você já leu ? Gostou ?




    8 comentários :

    1. Olá, Gisele, tudo bem?

      Estou super curiosa para ler este livro, todo mundo fala muito bem dele e a da escrita da autora, sempre quis saber a verdadeira historia por trás da personagem, mas sempre atrasado a leitura passando outros na frente, mas ainda não desistir de ler este! Adoro esses romances fofinhos, com uma pegada emocional bonita, adorei a resenha.

      Beijinhos

      http://resenhaatual.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Olá,
        Também vi muita gente falando bem dele, mas acho que fui a exceção.
        Espero que goste.
        Beijos

        Excluir
    2. Oi Gi,
      Esse está na minha lista.
      Preciso tirar um tempo e começar os livros da autora, sei que vou curtir e esse o fato de focar no bullying me interessou bastante.

      Tenha uma linda semana ♥
      Nana - Obsession Valley

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Nana,
        Espero que goste. No entanto indico outros livros da autora.
        Beijos

        Excluir
    3. Nunca li nada dela. No Brasil, tenho uns 3 livros dela e não li, acredita? Preciso resolver isso.


      Beijinhos
      n. // www.fashionjacket.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Nath,
        Leia sim, vale a pena. Este é um dos únicos que não gostei muito.
        Beijos

        Excluir
    4. Gi, confesso que essa fórmula também já bem batida pra mim, não sei se tenho saco. Mas o livro parece legal, achei a arte da capa bonita e ele parece "sensível". Enfim, bacana a tua resenha :)


      Beijos
      Brilho de Aluguel

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Oi Tha,
        Pois é, bem isso.
        Não sei, gostei bem mais ou menos.
        Beijos

        Excluir